Audi 100

1982-1990 de lançamento




Audi 100
+1.1. Administrações e dispositivos
+2. Características técnicas
+3. Motores
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de escape
+6. Sistema de provisão de poder
+7. Transmissão
+8. Gerência de engrenagem
+9. Direção
+10. Sistema de freios
+ 11. Corpo
- 12. Equipamento elétrico
   +12.1. Sistema de equipamento elétrico
   -12.2. Sistema de ignição
      -12.2.1. Sistema de transistor de ignição
         12.2.1.1. Remoção e instalação do distribuidor de ignição
         12.2.1.2. Desmantelar-se e reunião do distribuidor de ignição
         12.2.1.3. Cheque e ajuste de uma esquina de um avanço de ignição
         12.2.1.4. Cheque do rolo de ignição
         12.2.1.5. Cheque do painel de comando
         12.2.1.6. Cheque do sensor de Hall
         12.2.1.7. Cheque de tomadas de faísca
      +12.2.2. Sistema eletrônico de ignição
      12.2.3. Sistema sem contato de ignição de FEI
   +12.3. Circuitos elétricos



fc658ed2





12.2.1.5. Cheque do painel de comando

INFORMAÇÃO GERAL

O painel de comando no rolo útil da ignição verifica-se.

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Desconectar um bloco do bloco (1). Incluir a ignição e medir a tensão entre contatos "2" e "4". A tensão tem de ser igual a aproximadamente 12 V (tensão da bateria recarregável). De outra maneira é necessário encontrar e eliminar o intervalo na condução (2 – o painel de comando).
2. Apagar a ignição e unir um bloco ao painel de comando.
3. Desconectar um bloco do distribuidor de ignição.
4. Unir o voltômetro ao rolo de ignição tapa 6 e 4. Incluir a ignição e medir a tensão. Tem de ser não menos de 2 V e a 1–2 com têm de diminuir ao zero. Se não ocorrer, é necessário substituir o painel de comando.
5. Unir um arame o contato central do bloco 18 "ao peso". A tensão tem de aumentar a 2 V para motores de 4 cilindros e a 5–6 V – para o de 5 cilindros. De outra maneira substituir o painel de comando.
6. Apagar a ignição. Unir o voltômetro a contatos extremos do bloco 18. Incluir a ignição e medir a tensão. Tem de ser igual ao 5o século. Se a tensão se diferencia do especificado, para verificar a condução.