Audi 100

1982-1990 de lançamento




Audi 100
+ 1.1. Administrações e dispositivos
- 2. Características técnicas
   2.1. Introdução
   2.2. Características técnicas de carros
   2.3. Características técnicas de motores de gasolina
   2.4. Características técnicas de motores diesel
   2.5. Líquidos operacionais
   2.6. Momentos de uma inalação de conexões roscadas responsáveis
   2.7. Dados de Tarirovochny de carburadores
   2.8. Nominal e tamanhos de reparo de detalhes e limites de iznos admissível
+3. Motores
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de escape
+6. Sistema de provisão de poder
+7. Transmissão
+8. Gerência de engrenagem
+9. Direção
+10. Sistema de freios
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico

fc658ed2



2.8. Nominal e tamanhos de reparo de detalhes e limites de iznos admissível

INFORMAÇÃO GERAL

Motores de quatro cilindros

 
válvula de entrada
válvula final
Diâmetro exterior de uma sela da válvula, mm
37,2
32,4
(32,8 para DS de lançamento até setembro de 1985)
Largura de uma faceta de trabalho, mm
2,0
2,4
Aprofundamento do avião de uma sela acerca do avião de uma cabeça do bloco, mm
9,2
9,7
Esquina de faceta, granizo
45
45
Esquina do cone superior, granizo
30
30
Diâmetro de uma abertura nas tomadas de direção de válvulas, mm
8,013 – 8,035
8,013 – 8,035
Fenda permissível máxima entre um núcleo da válvula e a tomada de direção, mm
1,0
1,3
Diâmetro de uma chapa da válvula, mm
28,0
33,0
Diâmetro de um núcleo da válvula, mm
7,97
7,95
Largura máxima de uma faceta de trabalho, admissível no momento de moedura, mm
3,5
não é sujeito à moedura
A altura mínima de uma chapa da válvula a uma faceta, mm
0,5
não é sujeito à moedura
Comprimento da válvula, mm:
  – nominal
98,7 (91,0 para o motor NP)
98,5 (90,8 para o motor NP)
  – mínimo
98,2 (90,5 para o motor NP)
98,0 (90,3 para o motor NP)
Esquina de uma faceta de trabalho da válvula, granizo
45
45
Fenda entre cames do eixo e lavadores de ajuste de empurradores de válvulas, mm:
  – em uma temperatura de esfriar o líquido de 35 °C
0,25 ± 0,05
0,45 ± 0,05
  – em uma temperatura de esfriar o líquido de 20 °C
0,20 ± 0,05
0,40 ± 0,05
Fenda entre o pistão e o cilindro do motor, mm
0,03
A fenda mais admissível entre o pistão e o cilindro, mm
0,08
Diâmetro de cilindros, mm:
  – nominal
81,01
  – o 1o reparo
81,26
  – o 2o reparo
81,51
  – o 3o reparo
82,01
Diâmetro de pescoços de um cabo de inclinação, mm:
radical
conrod
  – nominal
54,0-0,022 - 0,042
47,8-0,022 - 0,042
  – o 1o reparo
53,75-0,022 - 0,042
47,55-0,022 - 0,042
  – o 2o reparo
53,5-0,022 - 0,042
47,3-0,022 - 0,042
  – o 3o reparo
53,2-0,022 - 0,042
47,05-0,022 - 0,042
Diâmetro de inserções de carregamentos, mm:
  – nominal
53,96 – 53,98
47,76 – 47,79
  – o 1o reparo
53,71 – 53,73
47,51 – 47,53
  – o 2o reparo
53,46 – 53,48
47,26 – 47,29
  – o 3o reparo
53,21 – 53,23
47,01 – 47,03
ovality admissível máximo, mm
0,03
Fenda axial de um cabo de inclinação, mm:
  – nominal
0,07 – 0,17
  – o máximo admissível
0,25
Fenda entre inserções radicais e pescoços de um cabo de inclinação, mm:
  – nominal
0,03 – 0,08
  – máximo permissível
0,17
Diâmetro do pistão, mm:
  – nominal
80,98
  – o 1o reparo
81,23
  – o 2o reparo
81,48
  – o 3o reparo
81,98
Dragando profundidade em uma cabeça do pistão, mm
DOUTOR 8,1
DS, NP4,4
Comprimento de um dedo de pistão, mm
57 (54 lançamentos até julho de 1985)
Fenda na fechadura de anéis de pistão, mm:
compressão
raspadeira de óleo
  – nominal
0,3 – 0,45
0,25 – 0,5
  – máximo permissível
1,0
1,0
Fenda entre anéis e uma flauta no pistão, mm:
  – nominal
0,02 – 0,05
  – máximo permissível
1,05
Fenda permissível máxima entre varas se unem e pescoços de um cabo de inclinação, mm
0,12
Fenda axial permissível máxima de uma vara em um pescoço de um cabo de inclinação, mm
0,37
Fenda axial permissível máxima do eixo nos empurradores retirados, mm
0,15
Surra radial de pescoços do eixo, mm, não mais
0,01
Diâmetro de pescoços do eixo, mm:
  – nominal
26,0
  – reparo
25,75
Altura mínima de uma cabeça do bloco, mm
132,6
Fenda entre teeths de rodas de engrenagem da bomba de óleo, mm:
  – nominal
0,05
  – máximo permissível
0,2
Fenda entre o diâmetro exterior de rodas de engrenagem e um alojamento de bomba, mm
0,15

Motores de cinco cilindros

 
válvula de entrada
válvula final
Diâmetro exterior de uma sela da válvula, mm
37,2
30,8
Largura de uma faceta de trabalho, mm
2,0
2,0
Aprofundamento do avião de uma sela acerca do avião de uma cabeça do bloco, mm
9,6
9,0
Esquina de faceta, granizo
45
45
Esquina do cone superior, granizo
30
30
Diâmetro de uma abertura nas tomadas de direção de válvulas, mm
8,013 – 8,035
8,013 – 8,035
Fenda permissível máxima entre um núcleo da válvula e a tomada de direção, mm
1,0
1,3
Diâmetro de uma chapa da válvula, mm
38,0
33,0
Diâmetro de um núcleo da válvula, mm
7,97
7,95
Largura máxima de uma faceta de trabalho, admissível no momento de moedura, mm
3,5
não é sujeito à moedura
A altura mínima de uma chapa da válvula a uma faceta, mm
0,5
não é sujeito à moedura
Comprimento da válvula, mm:
  – nominal
91,0
90,8
  – mínimo
90,05
90,3
Esquina de uma faceta de trabalho da válvula, granizo
45
45
Fenda entre cames do eixo e lavadores de ajuste de empurradores de válvulas, mm:
  – em uma temperatura de esfriar o líquido de 35 °C
0,25 ± 0,05
0,45 ± 0,05
  – em uma temperatura de esfriar o líquido de 20 °C
0,20 ± 0,05
0,40 ± 0,05
A fenda admissível máxima entre o pistão e o cilindro, mm
0,07
Diâmetro do cilindro, mm:
  – motores de 1,9 l e 2,2 l:
     • nominal
79,51
     • o 1o reparo
79,76
     • o 2o reparo
80,01
     • o 3o reparo
80,51
  – motores de 2,0 l e 2,3 l:
     • nominal
81,01 (82,51 para двиг. NF)
     • o 1o reparo
81,26 (82,76 para двиг. NF)
     • o 2o reparo
81,51 (83,01 para двиг. NF)
Diâmetro de inserções de carregamentos, mm:
radical
conrod
  – nominal
57,96 – 57,98
45,96 – 45,98
(47,76 – 47,78 motores de 2 l desde julho de 1983 outro não um turbo desde julho de 1984)
  – o 1o reparo
57,71 – 57,73
45,71 – 45,73
(47,51 – 47,53
motores de 2 l
desde julho de 1983 outro não um turbo desde julho de 1984)
  – o 2o reparo
57,46 – 57,48
45,46 – 45,48
(47,26 – 47,28
motores de 2 l
desde julho de 1983 outro não um turbo desde julho de 1984)
  – o 3o reparo
57,21 – 57,23
45,21 – 45,23
(47,01 – 47,03
motores de 2 l
desde julho de 1983 outro não um turbo desde julho de 1984)
Fenda axial de um cabo de inclinação, mm:
  – nominal
0,07 – 0,18 (0,07 – 0,23 desde 1984)
  – o máximo admissível
0,25
A fenda mais admissível entre inserções radicais e pescoços de um cabo de inclinação, mm
0,16
Diâmetro do pistão, mm:
  – motores de 1,9 l e 2,2 l:
     • nominal
79,48
     • o 1o reparo
79,73
     • o 2o reparo
79,98
     • o 3o reparo
80,48
  – motores de 2,0 l e 2,3 l:
     • nominal
80,98 (82,48 para двиг. NF)
     • o 1o reparo
81,23 (82,74 para двиг. NF)
     • o 2o reparo
81,48 (82,98 para двиг. NF)
Fenda na fechadura de anéis de pistão, mm:
  – nominal
0,25 – 0,5
  – máximo permissível
1,0
Fenda entre um anel e uma flauta no pistão, mm:
  – nominal
0,02 – 0,08
  – máximo permissível
0,1
Fenda permissível máxima entre varas se unem e pescoços de um cabo de inclinação, mm
0,12
Fenda axial permissível máxima de uma vara em um pescoço de um cabo de inclinação, mm
0,4
Fenda axial permissível máxima do eixo nos empurradores retirados, mm
0,15
A altura mínima de uma cabeça do bloco (entre superfícies), mm
132,75

União

A surra admissível máxima do disco conduzido, mm
0,5
A deflexão admissível máxima de um disco de prensa (uma borda interior a externo), mm
0,3
Máximo livre rodar de um pedal de união (passeio de elevação), mm
15
Altura de pedal de união (passeio hidráulico), mm
10 mm mais alto do que um pedal de freio

A transmissão (transferem números)

Transferência
Transmissão 014
QN
4X
Principal
4,11
4,11
O 1o
3,46
3,36
O 2o
1,79
1,79
O 3o
1,07
1,07
O 4o
0,7
0,7
Apoio
3,17
3,17

Transferência
Transmissão 013
3T
ELE
HF
Principal
4,11
4,11
4,11
O 1o
3,46
3,46
3,46
O 2o
1,79
1,79
1,79
O 3o
1,07
1,13
1,13
O 4o
0,78
0,83
0,83
O 5o
0,6
0,68
0,68
Apoio
3,17
3,17
3,17

Transferência
Transmissão 093 3Q
Principal
5,22
O 1o
2,84
O 2o
1,52
O 3o
0.9
O 4o
0,64
O 5o
0,48
Apoio
3,16

Transferência
Transmissão 016
AAZ
3V
3K
5N
3U
Principal
3,89
3,89
3,89
4,11
4,11
O 1o
3,6
3,6
3,6
3,6
3,6
O 2o
2,13
2,13
2,13
2,13
1,86
O 3o
1,46
1,46
1,36
1,46
1,19
O 4o
1,07
1,07
0,97
0,97
0,84
O 5o
0,86
0,83
0,78
0,73
0,64
Apoio
3,5
3,5
3,5
3,5
3,5

Transferência
Transmissão 012
QN
Principal
3,888
O 1o
3,545
O 2o
2,105
O 3o
1,429
O 4o
1,029
O 5o
0,838
Apoio
3,5
Uso extremo de um anel do sincronizador (todas as transmissões), mm
0,5

Câmbio automático


KP automático
087
089
Transferência principal
3,08; 3,25; 3,45 (dependendo de modelo de motor)
3,42
1a transferência
2,71
2,71
2a transferência
1,5
1,5
3a transferência
1,0
1,0
Apoio
2,43
2,43
Diâmetro máximo da tomada do hidrotransformador, mm
34,12
ovality admissível máximo da tomada, mm
0,03

Passeio de rodas avançadas

Modelo
Metade de comprimento de cabo (sem UNIÕES de CV), mm
direito
esquerdo
Dos 4os motores de cilindro
  – com transmissão mecânica
579,2
540,7
  – com câmbio automático
540,7
598,5
Com motores de 5 cilindros:
  – com transmissão mecânica
550,9
550,9
  – com câmbio automático
529,1
582,8

Expeça freio

Diâmetro de um disco, mm
256,0 (276 desde janeiro de 1986)
Espessura de discos, mm
não ventilado
ventilado
  – nominal
13,0
22,0 (25,0 desde janeiro de 1986)
  – máximo permissível
20,0
23,0 (25,0 desde janeiro de 1986)
A surra mais admissível de um disco, mm
0,06
Espessura mínima de um sapato de freio, mm
7,05

Freio de tambor posterior

Diâmetro de um tambor, mm:
  – nominal
230,0
  – máximo permissível
231,0
A surra radial mais admissível de um tambor, mm
0,1
A surra de lado mais admissível de um tambor, mm
0,2
A espessura mais admissível de uma coberta de um sapato de freio, mm
2,5
Diâmetro do pistão do cilindro de freio de roda
17,46

Freio de disco posterior

Diâmetro de um disco, mm
245,0
Espessura de um disco, mm:
  – nominal
10,0
  – máximo permissível
8,0
A surra mais admissível de um disco, mm
0,06
Espessura mínima de um sapato de freio, mm
7,0
Na home page