Audi 100

1982-1990 de lançamento




Audi 100
+1.1. Administrações e dispositivos
+ 2. Características técnicas
- 3. Motores
   -3.1. Motores de quatro cilindros
      3.1.1. Remoção e instalação do motor
      -3.1.2. Desmantelar-se e reunião do motor
         3.1.2.1. Remoção e instalação de uma cabeça do bloco de cilindros
         3.1.2.2. Remoção do eixo e empurradores de válvulas
         3.1.2.3. Pesquisa do eixo
         3.1.2.4. Definição de condição técnica de hidroempurradores de válvulas
         3.1.2.5. Instalação do eixo e empurradores de válvulas
         3.1.2.6. Remoção e instalação de válvulas (desmontagem de uma cabeça do bloco)
         3.1.2.7. Pesquisa, resolução de problemas e reparo de detalhes de uma cabeça do bloco de cilindros
         3.1.2.8. Fendas entre cames de um eixo e empurradores de válvulas
         3.1.2.9. Camshaft drive
         3.1.2.10. Remoção e instalação de um cabo intermediário
         3.1.2.11. Remoção e instalação de um pêndulo
         3.1.2.12. Substituição de epiploons de um cabo de inclinação
         3.1.2.13. Remoção e instalação de um caso de óleo
         3.1.2.14. Remoção, cheque e instalação da bomba de óleo
         3.1.2.15. Desmontagem de conrod e grupo de pistão
         3.1.2.16. Pesquisa e cheque de detalhes de conrod e grupo de pistão
         3.1.2.17. Reunião de conrod e grupo de pistão
         3.1.2.18. Remoção, pesquisa e instalação de um cabo de inclinação
   +3.2. Motores de cinco cilindros
   +3.3. Motor diesel
+4. Esfriamento de sistema
+5. Sistema de escape
+6. Sistema de provisão de poder
+7. Transmissão
+8. Gerência de engrenagem
+9. Direção
+10. Sistema de freios
+11. Corpo
+12. Equipamento elétrico



fc658ed2





3.1.2.16. Pesquisa e cheque de detalhes de conrod e grupo de pistão

INFORMAÇÃO GERAL

Esquema de medições de diâmetro do cilindro

E, em – as direções de medições

1, 2, 3 – cintos de medições

Identificação do pistão

e = 8,1 mm, moda. Doutor

e = 4,4 mm, moda. DS

ORDEM DE REALIZAÇÃO
1. Todos os detalhes de conrod e grupo de pistão têm de compensar-se e lavar-se fora gasolina.
2. Examinar pistões. Medir o diâmetro de uma saia do pistão na distância de 15 mm da borda inferior de um perpendicular de saia a um eixo de um dedo de pistão. O pistão tem de substituir-se se o diâmetro medido dissentir em 0,04 mm de 80,98 mm nominais, iguais. Para medir uma fenda na fechadura de um anel de pistão, insira um anel no cilindro e promova o pistão como um mandrel, na distância de 15 mm da base de cilindro. Medir pela tenta uma fenda na fechadura. Se a fenda exceder 1,0 mm, os anéis devem substituir-se.
3. Medir uma fenda de lado entre anéis de pistão e flautas no pistão em vários lugares em um círculo. Se a fenda exceder 0,15 mm, substitua anéis ou pistões.
4. Medir pelo diâmetro de Nutromer de cilindros, como mostrado no desenho o Esquema de Medições do Diâmetro do Cilindro. O diâmetro de cada cilindro mede-se em seis pontos, em 10 mm da borda inferior do cilindro, em 10 mm da borda superior do cilindro e no meio em duas direções perpendiculares. Se uso do diâmetro nominal igual a 81,01 mm, excede 0,08 mm, a cilindros de formão abaixo do tamanho de reparo. Se o uso conseguir o limite só em um cilindro, é mesmo assim necessário cinzelar os quatro cilindros, de outra maneira o motor não se equilibrará.